Como fazer a gestão financeira de seu negócio de maneira descomplicada

Como fazer a gestão financeira de seu negócio de maneira descomplicada

Você acredita que realizar a Gestão financeira de seu negócio pode representar algo complexo demais? Se você tem essa impressão, saiba que a adoção de algumas práticas corretas te proporciona uma gestão descomplicada. Tenha em mente que este tema não envolve somente números: requer muita disciplina, conhecimento de todo o processo, e a ciência dos pontos a serem melhorados na busca pelo crescimento da empresa.

É por isso que a gestão financeira é de suma importância em empresas de qualquer porte: saber de onde surgem os recursos e onde os investimentos são empregados é uma importante forma de ter o domínio do negócio, pois estes são indicadores que o permitem crescer de forma controlada e manter seu negócio viável.

A gestão financeira envolve a tomada de decisões certeiras, que evitam desperdícios e possibilitam obter resultados melhores. Nos momentos de crise, também permite criar estratégias funcionais para enfrentar a crise com menor nível de dificuldade possível.

Composta por vários temas que se completam, a gestão financeira de uma empresa envolve principalmente os descritos a seguir:

1. Planejamento: permite saber como está sua empresa e projetar aonde quer que ela alcance. A empresa deve ter estabelecido seus objetivos e metas. Este planejamento também pode abranger o estudo da redução do pagamento de impostos, bem como a redução de custos de operação e outros relacionados, com a análise contínua dos resultados frente ao que foi orçado.

Praticar o planejamento é essencial para corrigir a direção a ser trilhada e conquistar resultados cada vez mais assertivos.

2. Recursos da Gestão Financeira: nesta área, dominar os recursos e as oportunidades que elas oferecem é essencial. A seguir compartilhamos os conceitos de alguns considerados essenciais para uma Gestão Financeira estruturada em sua empresa:

Fluxo de caixa: permite saber quanto há a pagar e receber, e quando esses movimentos acontecerão. Tem como principal objetivo controlar tudo o que entra e sai da empresa, em termos financeiros.

Uma forma simples de compreender o fluxo de caixa para a empresa é relacionarmos ao extrato bancário de uma pessoa comum, com a diferença que, no caso do extrato bancário pessoal, costumamos visualizar apenas o que passou ou lançamentos que estão próximos de acontecer, já no fluxo de caixa empresarial, é possível analisar tanto o passado como também o futuro distante, com as devidas projeções registradas nessa ferramenta.

Ponto de equilíbrio: Talvez esse seja o ponto de partida e primeiro indicador a ser calculado em sua empresa, pois representa a meta mínima de vendas,  para que uma empresa pague suas contas e não tenha prejuízo. Também conhecido como break-even point (ponto de ruptura ou ponto crítico), é o valor de vendas brutas em que a empresa ainda não obtém lucro, porém também há prejuízo, ou seja, os produtos e serviços vendidos são suficientes para suprir ou pagar as despesas e custos fixos e variáveis. Neste caso há um empate em 0 x 0.

Demonstrativo de Resultado de Exercício (DRE), ou também denominada como ARE, Apuração de Resultados do Exercício: que resume-se a uma representação estruturada da posição financeira e patrimonial e do desempenho da empresa. O principal objetivo dessas demonstrações contábeis é o de proporcionar informação sobre a posição patrimonial e financeira, do fluxos de caixa e desempenho da empresa. São utilizados os dados de receita bruta, impostos, custos administrativos, entre outras informações.

Capital de giro: é o valor necessário para seu negócio funcionar (em um período de tempo). É definido como a soma do valor a receber mais o que há tem em estoque, subtraindo o valor das contas a pagar, somando no final o valor dos impostos e as despesas.

O capital de giro tem diversas funções importantes, como garantir a saúde financeira de sua empresa, em casos de vendas à prazo, proporcionar recursos de financiamento aos seus clientes, manter os estoques,  garantir o pagamento aos fornecedores, além do pagamento dos salários, impostos e outras despesas operacionais da organização.

Precificação ou Markup, que é um índice utilizado para o desenvolvimento da precificação de venda. Significa a diferença entre o valor de custo de um produto ou serviço e o preço de venda.
 e indica quanto o preço de determinado produto ou serviço está acima do custo real de produção e distribuição.

O Markup auxilia as empresas a garantirem um preço final suficiente para cobrir todos custos dos processos e ainda gerar uma margem de lucro bem sucedida à empresa.

Custos e Despesas: embora possam parecer a mesma coisa, possuem conceitos distintos em que Custos resume-se ao que está associado diretamente a produção do seu produto ou serviço, por exemplo: gastos na produção, logística e a matéria prima e as Despesas estão associadas à manutenção das atividades da empresa, por exemplo, despesas com estratégias de marketing, café no escritório, contador etc.

Podem ser Fixos, em que eles não se alteram com as vendas e não há relação direta com o faturamento da empresa e também Variáveis, ou seja, o que tem relação direta com as vendas e quanto maior a venda maior o valor pago.

Plano de ação: uma vez identificado o atual cenário financeiro da empresa, um plano de ação pode ser elaborado visando alcançar o objetivo de crescimento da empresa. O plano de ação é o registro das atividades a serem realizadas na busca de determinado resultado. Deverá conter a forma de realizar determinada atividade ou ação, o responsável pela execução e o prazo para realização.

Análise dos resultados: ao final dos prazos, uma análise deve ser realizada para identificar se os resultados foram alcançados ou se novas ações deverão ser realizadas.

Outras boas práticas que devem ser adotadas: listamos para você algumas dicas de boas práticas. Siga elas e tenha sua empresa forte e blindada de situações desagradáveis:

  • Separe as finanças pessoais das finanças da empresa;
  • Procure documentar toda a gestão financeira, para que um histórico seja criado para acompanhada e aprendizado com o passar do tempo;
  • Atualize continuamente seu planejamento financeiro, adaptando-o às condições atuais;
  • Tenha disciplina no acompanhamento da gestão financeira e registre todos os dados e movimentos financeiros de sua empresa, considerando o histórico passado e o planejamento futuro;
  • Avalie os relatórios e estabeleça soluções para mudanças necessárias, de acordo com os resultados apresentados;
  • Trabalhe sempre com dados confiáveis;
  • Desenvolva planos de melhorias e compartilhe devidamente com a gestão e equipe em sua empresa.

Com a aplicação de todas estas dicas, você conseguirá maior solidez em seu negócio, de forma a se torar mais competitivo no mercado e menos susceptível a quaisquer imprevistos, uma vez que a gestão financeira tornará sua empresa atuante de forma mais assertiva.

Caso você queira se aprofundar neste tema, entender melhor cada conceito, a Be Able possui o excelente curso Gestão Financeira para Empresas. Este curso foi cuidadosamente pensado em atender as necessidades de você, pequeno empresário, gestor da área ou empreendedor que queira se destacar neste tema. No curso são abordados os seguintes tópicos:

  • O que é gestão;
  • Quais os passos para fazer uma boa gestão;
  • Conceitos financeiros e como aplicá-los: regimes financeiros, custos, despesas;
  • Como calcular o pro labore dos sócios;
  • Fluxo de caixa, DRE e Balanço patrimonial, como montar cada um deles e como explorar os indicadores para tomada de decisões mais assertivas;
  • Como a gestão de vendas pode ajudar a melhorar a gestão financeira;
  • Formação de preços.

    E muitos outros temas importantes para seu negócio!

Se você gostou deste post, fique à vontade para compartilhar este assunto com seus colegas.

Se você ainda não é assinante de nossa newsletter, cadastre-se para receber este e outros artigos por e-mail, ou nos acompanhe nas mídias sociais para ficar por dentro de tudo que acontece por aqui.



Pin It on Pinterest